Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Projeto Espaço Vida & Música promove a transformação social na Ferraria

Com o objetivo de fortalecer vínculos e motivar a frequência do aluno, o projeto valoriza o envolvimento da comunidade local através da musicalização.

Publicada em: 12/07/2017 às 11:04

Os alunos que participam do projeto Espaço Vida & Música - realizado com as crianças da Escola Municipal Dona Fina, na Ferraria, realizaram no dia 1º de julho de 2017, uma apresentação no auditório da Prefeitura Municipal de Campo Largo.

 

 

 

 

Sobre o projeto

O Projeto Vida & Música iniciou suas atividades em 2009 como um trabalho voluntário desenvolvido pelo Pastor Paulo Davi e Silva, da Primeira Igreja Batista de Curitiba, junto de sua esposa Débora.

 

Maestro e profissional na área de música durante anos, o Pastor ansiava desenvolver um projeto onde a música fosse utilizada como maneira de aproximação e transformação social.

 

Inicialmente o trabalho era voltado somente para um coral didático da Vila Autódromo, em Curitiba. No ano seguinte passou a contar com o apoio do Instituto Cargolift e foi legalizado, agregando professores e uma metodologia de ensino.

 

Em agosto de 2014 firmou parceria com a Secretaria de Políticas sobre Drogas, no município de Campo Largo, e as aulas passaram a ser ministradas na Escola Municipal Dona Fina.

 

 

O objetivo do Projeto é contribuir para um futuro melhor, utilizando a música como uma ferramenta para passar valores e ampliar oportunidades. O trabalho se desenvolve para que estas crianças e jovens tenham sonhos melhores no futuro; para que encham seus corações de coisas nobres e desenvolvam valores que os acompanharão a vida toda.

 

Em paralelo com as aulas ocorre um trabalho com a família dos alunos por meio de encontros culturais, onde são expostas as atividades desenvolvidas, incluindo apresentações musicais e palestras, com o objetivo de fortalecer vínculos e motivar a frequência do aluno. Atualmente o projeto atende aproximadamente 50 alunos na Escola Dona Fina. Sobre cada um destes alunos pesa uma história, algumas de dificuldades, lutas e tristezas... mas se sobrepõe muita força de vontade e certeza de que a música pode curar cicatrizes e transformar histórias.

 

Notícias na mesma categoria

11ª Conferência Municipal de Assistência Social acontece nos dias 26 e 27 de julho
Ceu Meliane oferece oficinas gratuitas
Alegria tomou conta de mais de 700 pessoas no Baile Viva a Maturidade: “Gente dos Quatro Cantos”
Festa Junina reúne comunidade no Centro da Juventude da cidade
Centro da Juventude realiza festa junina neste sábado, 24