Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Solenidade marca assinatura de convênio com Caixa Econômica Federal e projeto "Rua Coberta"

Na Câmara de Vereadores, prefeito reúne servidores públicos municipais e da Caixa Econômica Federal para oficializar o crédito de R$ 20 milhões a serem revertidos em obras e infraestrutura na cidade

Publicada em: 13/11/2018 às 14:28

Na tarde de ontem (12), o prefeito Marcelo Puppi, junto ao secretariado do Executivo, realizou uma solenidade na Câmara de Vereadores, às 17h, para mostrar à população campo-larguense o convênio firmado com a Caixa Econômica Federal para a contratação de R$ 20 milhões de crédito, a serem revertidos em obras e infraestrutura no município.

Economiários do Banco estiveram presentes e explanaram sobre a satisfação em apoiar a Prefeitura de Campo Largo com a liberação de um crédito total de R$ 400 milhões para o Executivo, devido à normalização das contas públicas que a atual Administração conseguiu organizar, mediante à Secretaria do Tesouro Nacional. Esteve presente e com a palavra o Senhor Renato Scalabrin, Superintendente Regional da CEF, representando os gerentes e diretores do Banco. No momento, também foi apresentado um projeto arquitetônico doado ao município pelo arquiteto Pedro Druziki Junior, onde uma "Rua Coberta" será entregue aos campo-larguenses para servir como um centro de eventos, de arte, de cultura, gastronômico e de interação social.

 

 

Na primeira hora, o prefeito destacou as soluções alcançadas por toda a Administração Pública, ressaltando o efetivo trabalho dos servidores municipais e do secretariado municipal, com a reorganização de cada setor. Também explanou que Campo Largo passa por um período de intenso desenvolvimento com a captação de recursos do Estado e da União, para a reforma de vários equipamentos públicos: construção do Parque Linear do Passaúna, reforma da Rodoviária, no centro da cidade, asfalto e reurbanização nos bairros do município (já em execução), construção de uma Cidade Resiliente, com ações com toda a comunidade, em parceria com o CEPED/PR (Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres) - na prevenção e formação de conceitos sobre coletividade com alunos, representantes dos bairros, empresários, igrejas e outros, assertividade na realocação do Centro Médico Hospitalar junto à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no endereço da atual UPA (em reforma), realocação do NIS III no prédio que funciona o Centro Médico, que será o Centro de Especialidades, e a realocação da Unidade de Saúde do Centro, para o prédio antigo do NIS III.

São muitas obras em andamento e vários projetos pleiteados ao bem estar da população campo-larguense. Outra conquista, já em fase de construção, são as unidades habitacionais - 416 moradias na localidade do Jardim Social, para pessoas que se enquadram nas faixas do projeto. Também já está planejada a reforma da Casa da Cultura, fomentando e alavancando o desenvolvimento cultural, urbano, econômico e social do município.

 

Rua Coberta

 

O arquiteto Pedro Druziki Junior doou para a cidade um projeto arquitetônico de uma Rua Coberta para servir de equipamento público e atrativo turístico de Campo Largo. Será possível ampliar a rede gastronômica local, a comercialização de produtos artesanais, naturais, caseiros, realizar intervenções artísticas e culturais, bem como fazer do local um marco de confraternização, lazer e bem estar. A Rua será totalmente coberta, desenvolvida com alta tecnologia, e compreenderá, de inicío, a Rua Sete de Setembro, esquina com a Rua do Centenário, estendendo o calçadão da Rua XV de Novembro. Este projeto irá, na próxima semana, para apreciação dos parlamentares municipais.

A solenidade contou com a presença de vereadores, servidores públicos e população campo-larguense, sedimentando as duas benfeitorias que serão revertidas em prol da qualidade de vida de cada cidadão campo-larguense.

Notícias na mesma categoria

Apresentações do espetáculo “Energia do Natal” começam na sexta-feira, 14/12
Prefeito agradece prêmio em Olimpíada Brasileira de Astronomia
População de Itaperuçu necessita de água e material de limpeza
Prefeitura presta condolências pela morte de professora da rede de ensino municipal
Prefeitura antecipa salários e injeta R$ 30 milhões no mercado em 20 dias