Prefeitura Municipal de Campo Largo

Notícias
Desenvolvimento
Social

2 maio 2019, 17:14

Prefeitura solicita ampliação da rede de Assistência Social junto à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná

O vice-prefeito Mauricio Rivabem, junto à secretária municipal de Desenvolvimento Social, Zeila Plath, recebeu o Coronel André Fortes, Chefe do Escritório Regional de Curitiba da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná, mais equipe técnica, para verificar possibilidades de ampliar a estrutura da rede de Assistência Social no Município.

A reunião, sediada no gabinete do Governo Municipal, ocorreu na tarde desta quinta-feira (2), com a realização de visitas a cinco equipamentos públicos da área do Desenvolvimento Social: CREAS, Centro de Convivência, Lar do Idoso, CRAS Rivabem e Centro da Juventude, com objetivo de conhecer as demandas do município, a estrutura existente, os atendimentos prestados, visando um elo de ligação para angariar mais recursos federais à implementação de novos projetos sociais para a população campo-larguense.

O vice-prefeito Mauricio Rivabem ressaltou que Campo Largo vem se desenvolvendo cada vez mais e, com isso, é necessária a ampliação dos programas de Assistência Social para suprir as necessidades da população mais vulnerável. “Estamos com as contas zeradas no Tribunal de Contas e nos articulamos com o Estado e com a União para que seja possível a destinação de recursos à construção de mais Centros de Referência em Assistência Social, especialmente para atingirmos a população do interior do município”, disse ele.

A secretária de Desenvolvimento Social, Zeila Plath, salientou que ações na área são realizadas para todas as comunidades necessitadas, como o caso dos índios instalados em situação de vulnerabilidade no centro da cidade. “Conseguimos dialogar sobre o caso dos índios com representantes da FUNAI e realocamos eles à tribo originária. Queremos instalar um CRAS volante em Campo Largo e mais um CRAS na região do Guarani e Cercadinho, localidades que apontam a necessidade, para suprirmos a demanda existente e reorganizar nossa comunidade”, explicou a secretária.

AÇÃO CONJUNTA – O Chefe do Escritório Regional de Curitiba da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná veio acompanhado das técnicas de referência do Escritório Regional de Curitiba da SEJUF, Marlene Batista da Silva e Andréa Bini. Eles realizaram as visitas aos equipamentos públicos e prospectam diálogo para criação de projetos que possam ser viabilizados no município de Campo Largo, num esforço conjunto entre os poderes Federal, Estadual e Municipal.

Observa-se que a criação de novos CRAS são de responsabilidade financeira federal. Este encontro viabilizou o diagnóstico das demandas municipais para a deliberação de recursos, visando projetos pilotos à população campo-larguense.

A Regional da SEJUF mantém ligação e responsabilidades com as secretarias de Assistência Social de 29 municípios da região metropolitana, incluindo Campo Largo.