Prefeitura Municipal de Campo Largo

Notícias
Saúde

17 setembro 2019, 17:28

Equipe da Saúde Mental realiza palestra aos alunos do Colégio Estadual João XXIII

A ação é voltada para a prevenção de problemas psicológicos, em alusão à Campanha “Setembro Amarelo”

Alunos do Ensino Médio do Colégio João XXII participaram, nesta segunda-feira (16/09), de uma palestra que abordou as doenças psicológicas que afetam 1 em cada 6 adolescentes hoje, no Brasil – (Fonte: Organização Pan-Americana da Saúde). A ação é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde e contempla atividades do “Setembro Amarelo”.

O mês de setembro é destinado aos cuidados e prevenção do suicídio, – a 3° maior causa de morte entre os adolescentes, no mundo. A importância da palestra é expor as maneiras das quais os adolescentes possam se sentir seguros em procurar ajuda, pois muitas vezes esses jovens sofrem alguns paradigmas de preconceitos o que provoca ainda mais a gravidade da doença.

Sentindo na Pele – Um dos alunos relatou que já sofreu com a doença. Segundo ele, depois de ter passado por uma grande perda familiar, sua vida perdeu o rumo e, na ocasião, passou por situações desafiadoras. Com muita força de vontade ele deu a volta por cima e destacou a importância dessas atividades desenvolvidas pela Divisão de Saúde Mental do município, a fim de alertar e orientar tantos os alunos como os pais para que tenham maior atenção nos primeiros sintomas da doença.

A equipe da Saúde Municipal ressalta que o diagnóstico precoce ajuda e é fator importante no controle dos problemas mentais.

Serviços Campo Largo – O servidor público Emerson Zanetti, coordenador da Saúde Mental em Campo Largo, explica que as atividades são realizadas durante todo o ano, de acordo com a demanda, e os assuntos abordados são: Comportamentos de Risco, Atitudes, Prevenção, um trabalho de ciclo de diálogos – para que os participantes possam colocar suas situações. “É um trabalho de forma constante, para que possamos atender toda a sociedade e todos que tenham interesse em conversar sobre o assunto”, frisa Zanetti.

Ajuda – O CVV (Centro de Valorização à Vida) dispõe do número 188 onde é realizado apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, com total sigilo pelo telefone, e-mail e chat – 24 horas, todos os dias.