Prefeitura Municipal de Campo Largo

Notícias
Gerais

29 junho 2020, 17:58

Empossada nova presidência do FAPEN Campo Largo

Nesta segunda-feira (29/06) foi empossado oficialmente o novo presidente do FAPEN Campo Largo (Fundo de Aposentadorias e Pensões), o servidor público efetivo da Prefeitura de Campo Largo, Emerson Quadros Zanetti, eleito democraticamente pelo efetivo de funcionários públicos municipais para gerir o Fundo em mandato de quatro anos.

No momento da posse, realizada na Prefeitura, o prefeito Marcelo Puppi ressaltou a boa gestão do FAPEN nos últimos anos pelos serviços do ex-presidente José Atílio Norberto, que já foi presidente por três mandatos – dois consecutivos e nos últimos quatro anos. “Destaco a excelência do trabalho realizado por toda a equipe do FAPEN. Este nosso fundo foi organizado e reestruturado com competência e seriedade, e assim se manterá com a gestão do Emerson Quadros Zanetti”, disse o prefeito.

O novo presidente indica que a previdência dos funcionários públicos do município esteve em boas mãos e destaca que além do trabalho técnico, ele trará à frente o capital humano, assegurando a efetiva administração das finanças e aposentadorias dos servidores públicos municipais.

FAPEN – O Fundo é regido por lei e em sua estrutura administrativa contempla o Conselho de Administração, a Diretoria e o Conselho Fiscal. Ainda é dotado de autonomia administrativa, financeira, técnica e empresarial às obrigações de Previdência e Assistência Social, gerindo o respectivo sistema, assegurando regime de benefícios e serviços previstos em lei.

O ex-presidente José Atílio Norberto avaliou o crescimento do FAPEN quando em 2007 os fundos de investimentos eram na ordem de aproximados R$ 47 milhões e, hoje, o fechamento do mês de maio/2020 contempla R$ 294.602.000,00 – com um percentual de 529% de média anual, com rendimentos de 40,75% ao ano.

Também emergiram os Bens Imóveis – de R$ 4.123.000,00 em 2007 para R$ 30.302.000,00 este ano. Crescimento este de 634,83%, com média anual de 48,83%.

Puppi finalizou a posse complementando a necessidade da assertiva provisão em previdência e providências para que o funcionalismo público seja reconhecido como um serviços sério, responsável e de atuação básica em todos os segmentos da sociedade.

Por: Ana Baena
Fotos: Kadu Lopes