Prefeitura Municipal de Campo Largo

Notícias
GeraisEducação e Esporte

10 julho 2020, 16:26

Secretaria Municipal de Educação realiza entrega de impressora BRAILLE às Salas de Recursos Multifuncionais na área visual

A Educação Municipal Especial vem se estruturando e proporcionando mais recursos e materiais que ampliam e qualificam o aprendizado dos estudantes especiais campo-larguenses.

Foi entregue uma impressora braille às Salas de Recursos Multifuncionais na área visual para que o uso da informática – como recurso educacional às pessoas com deficiência – possibilite um salto qualitativo ao acesso do conhecimento sistematizado. Especialmente para o cego e o estudante com visão reduzida, a utilização da informática tem favorecido significativamente o processo educacional.

O sucesso escolar de muitas pessoas com deficiência visual está diretamente vinculado à utilização de recursos pedagógicos adaptados ou desenvolvidos para este tipo de estudante. Assim, é de fundamental importância investir em pesquisas e em recursos materiais.

Considera-se importante, também, esses materiais na formação de docentes para utilização destes recursos, propiciando as melhores condições possíveis, tanto no atendimento, quanto na utilização e desenvolvimento de materiais pedagógicos, especificamente voltados às necessidades do estudante com deficiência.

A produção de materiais impressos em braille é fundamental no ensino dos alunos cegos. O estudante sozinho pode fazer todas as tarefas diárias e transferir todo material em braille. Neste sentido contribui para maior autonomia, possibilitando o acesso ao conhecimento e a manifestação de sua capacidade produtiva. Essa escrita é feita dos dois lados da matriz, permitindo a impressão do braille nas duas faces do papel.

“As professoras envolvidas nesse processo pedagógico agradecem à Divisão de Educação Especial pela preocupação com os estudantes especiais. Este gesto beneficiará todos os estudantes da rede inclusos nas escolas do município, que recebem o apoio pedagógico”, ressaltam a diretora Marilei e a professora Eunice da Trindade Lopes Pinto, que atuam diretamente com os estudantes especiais da Rede Municipal de Ensino.